Archive | novembro, 2013

Lobo em pele de cordeiro

29 nov

o-lobo-na-pele-de-cordeiro

 

Foi veiculado na mídia esses dias que determinado ex-parlamentar está sendo procurado pela polícia estadual e federal para que seja feito o cumprimento de quatro mandados de prisão.

O que passaria até despercebido pelo titular do blog, porém, existe algo bem interessante nisso tudo, que é o fato de que a pessoa em questão, se dizer filho apaixonado e injustiçado de Caxias e sonha retomar o poder. Não é segredo que um dos sonhos da população é ver a esfera política da nossa cidade renovada, com pessoas jovens, verdadeiros representantes do povo. E também que a população fique mais atenta à vida política da cidade e passe a acompanhar de perto seus representantes.

Voltando ao cidadão em questão, segundo informações três mandados são de não pagamento de pensão alimentícia.

Analisemos bem essa situação. Fala abertamente que é apaixonado pela cidade, que Caxias poderia ser melhor e se coloca como um dos possíveis responsáveis por tal mudança. Caxias não está bem, isso é claro para todos, precisa de mudanças, e que essas mudanças sejam feitas de forma urgente. Então, vejamos que tempos atrás, esta mesma mudança foi necessária, foi quando o  executivo mudou de mãos dentro da cidade. O povo se uniu e mostrou que não é um governante que manda na cidade e que eles decidem quem fica e quem deve sair.

Caso essa mudança seja necessária novamente, seria viável voltar à situação caótica vivida anteriormente? Trocar seis por meia dúzia?

Se diz apaixonado por Caxias, falando que se estivesse no poder tal coisa não aconteceria, que seria diferente, utilizando as mídias que possui, ao seu favor para tentar ludibriar a população, tentando pagar de bom moço, que deve ser colocado como um salvador da cidade. Uma pessoa que pelo visto não está cumprindo obrigações com a própria família, vai cumprir com as milhares de famílias de Caxias? A cidade não é burra, o povo não se pode deixar enganar. Os representantes devem ser bem escolhidos e para o bom andamento das coisas, deve ser acompanhado, vigiado de perto. O povo precisa começar a eleger gente do povo e não pessoas famintas pelo poder.

 

Tentativas de assalto ousada na BR-316

26 nov

Foto: blog do Sabá

Foto: blog do Sabá

Trafegar pela BR 316, de Timon para Caxias, além dos riscos constantes de acidentes, há um novo perigo para proprietários de veículos automotores: assaltantes estariam arremessando pedras e atingindo motoristas para realizar assaltos e saquearem caminhões

 Além de carros de passeio, 22 caminhoneiros foram atingidos nos últimos dias, a exemplo de um caminhoneiro de Tianguá, que foi atingido com pedras enormes, teve o para-brisa quebrado e por pouco não sofreu um acidente.
 
“Aqui está sério demais, é um problema. Eu quero saber se a justiça não vai garantir a segurança. Ela precisa tomar uma providência. Vamos ver o que a Polícia vai fazer. Isso aconteceu comigo e não teve nada, e a próxima vítima, como é que vai ser?”, questiona o motorista, que transportava verduras de Tianguá para Caxias. Ele não quis ser identificado.
 
O caso já foi comunicado ao 3º Distrito e já está sob investigação.
 
Os assaltantes ficam em pontos que eles mesmos consideram estratégicos para atacarem. O que antes era um perigo durante a noite, passou a não ter hora para acontecer.

 

 

Fonte: Portal Meio Norte, com informações do Blog do Sabá

Câmara vazia nesta segunda(26)

26 nov

camara

 

Com a presença de apenas 4 vereadores (Ronaldo Chaves, Fábio Gentil, Luís Carlos e Benvinda) foi impossível ocorrer sessão nesta segunda(26). Os guardas marcaram presença esperando respostas para suas reivindicações e os presentes saíram decepcionados, por esperarem que como está tão perto do recesso, as últimas sessões acontecessem normalmente.

Segundo informações a presidente Ana Lúcia Ximenes justificou sua ausência por motivos de saúde, a vereadora Taniery Cantalice informou que também estava com problemas de saúde. Não obtivemos informações de outros vereadores.

Novidades sobre o estado de saúde de Humberto Coutinho

22 nov

humberto

 

Segundo informações, o ex-prefeito Humberto Coutinho, que estava em São Paulo fazendo fazendo um tratamento de um câncer recém descoberto, estará de volta em Caxias nessa Sexta(22), onde fará uma reunião para informar o seu atual estado de saúde.

De já, o blog do Caio Motta deseja melhoras ao Dr. Humberto Coutinho e que ele se recupere o mais rápido possível.

Esta sexta(22) acontece Fotografia – A festa, confira uma pouco mais sobre a festa

21 nov

Nesta sexta(22) acontece em Caxias Fotografia – A festa. Uma das melhores festas do ano, organizada pelo fotógrafo Wilson Lopes, proprietário da Lopes Produção e Imagem. O blog do Caio Motta apoia a festa, que com certeza será um sucesso. Fizemos uma entrevista com Wilson e perguntamos sobre a feste e sobre como surgiu a ideia, aproveitamos e perguntamos um pouco sobre a história desse fotógrafo tão adorado na cidade de Caxias.

Blog – De onde surgiu a ideia se fazer a festa?

- Sempre quis fazer uma festa em Caxias-MA, algo diferente e inovador, então uni o útil ao agradável e resolvi unir meus 10 anos de fotografia, sempre inovando e procurando destacar minha empresa e fazer o que eu queria: UMA FESTA, que será tematizada com algo plural, pois ímpar seria se ela fosse só minha, e não é! Ela é de todos os amantes de fotografia, meus colaboradores, meus parceiros de crescimento (clientes), meus amigos e colegas.

Blog – Nos conte como foi desde o surgimento da ideia até a preparação para a festa.

Do mesmo jeito que eu devo o crescimento da Lopes Imagem e Produções, para Fotografia: A festa não foi diferente. Está acontecendo a união de todos que acreditam que o trabalho da empresa é sério. Tive patrocínios e colaborações de todos os âmbitos empresariais e amigos. E, ainda estamos abertos a parcerias, pois nós prezamos muito por isso: PARCERIA.

Blog – Quais as expectativas pra festa? Já que é a primeira que você organiza e contará com a presença de todas a misses eleitas no Miss Caxias 2013?

As expectativas são boas, todos querem divulgar, TV, Rádios, as candidatas eleitas e não eleitas do Miss Caxias 2013, assim como a coordenadora do Evento, amigos(as), minha maravilhosa equipe. Pessoas se oferecendo para vender ingressos sem pedir nada em troca. É o que eu disse, as pessoas acreditam na gente, assim como meus amigos fotógrafos que também estarão na festa. Ou seja, quem não for vai perder a oportunidade de conhecer algo diferente, pois muitos reclamam que “as festas de nossa linda Cidade são todas iguais e as mesmas pessoas de sempre”.

Blog – Quais as atrações especiais da festa?

Todas são Especiais, DJ Valadares sempre fazendo do seu o melhor, Dani Jales de Teresina, que também se destaca no que sabe fazer de melhor e a Atração Principal que é Joanna D’arc que toca de tudo, mais vai focar no seu forte que é o FORROXÉ. Considero ela uma Ivete que mora mais próximo de nós, a mulher canta e agita tanto que desce do palco e vai pro meio do povão.

Blog – Com 4 festas grandes no mesmo dia na cidade, nos conte um pouco sobre o diferencial da sua festa que fará a diferença.

Nosso diferencial é: Toda ornamentação focada em fotografia, Fotografias ao vivo de 5 pessoas dentre elas a Miss Caxias 2013 Jordanna Guimarães e outros 2 rapazes e 2 moças escolhidas via face numa votação relâmpago (fiquem atentos), podendo aumentar mais, sorteio de 5 ensaios fotográficos entre todos os participantes, fotógrafos presentes de outras regiões, apresentação de um novo grupo de dança lançado pela empresa, cobertura total de todos os sites, ingressos de R$ 10,00, área VIP com direito a drinks open bar, Energético diferenciado da Forever o FAB, skol geladíssima long net 3 por 10,00. Quer mais? Vão lá e confiram que terão mais surpresas.

 

O nome FOTOGRAFIA – A FESTA é uma boa sacada, já que a Lopes Produções e Imagens tem um grande nome na cidade. A festa contará com presenças ilustres e as melhores atrações possível. O Blog deseja sucesso e com certeza a presença do titular do blog já está confirmada.

 

Flyer - Fotografia A Festa 1

Os ACS – Caxias marcharão rumo à câmara municipal para apresentar projeto de lei

20 nov

Foto Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

 

Hoje (20) acontecerá uma manifestação que sairá da sede do SINACSRC/MA – Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde da Regional de Caxias/MA em direção à Câmara Municipal de Caxias, para apresentar um Projeto de lei que regulamenta o piso salarial dos ACS no município.

O projeto tem a finalidade de tornar obrigatório o piso nacional repassado para custeio do salário-base dos Agentes Comunitários de Saúde, em atenção à Portaria 260 de Fevereiro de 2013, que fixa o valor do incentivo de custeio referente à implantação de Agentes Comunitários de Saúde, que atualmente era pra ser R$ 950,00. Segundo a assessoria jurídica do ACS o piso repassado hoje é de R$ 709,50, e os R$ 240,50 restantes são utilizados pelo município para custear adicional de insalubridade, vale transporte, alimentação e alguns benefícios, que segundo eles, deveria ser custeado pelo próprio município.

Dr. Gentil Filho, Dr. Samuel Pereira e os vereadores da oposição estão dando apoio aos ACS.

A concentração será às 16:00 na sede do SINACSRC/MA , que fica localizada na Rua Travessa José Cruz, nº 148, Centro, Caxias/MA. Próximo à Nostra Pizza.

Voto obrigatório ou facultativo?

19 nov

hamlet

Algo muito debatido entre os brasileiros é a questão do voto ser obrigatório no país.

Muitas pessoas defendem que o voto facultativo seria mais justo e que o fato de ser obrigatório acaba se tornando uma forma de controlar o povo e assim dar mais margem para que a corrupção se expanda cada vez mais.

Andei pensando e discutindo com alguns colegas, sobre como a mudança de voto obrigatório para facultativo poderia alterar diretamente a política no Brasil. Alguns disseram que ser obrigatório é uma arbitrariedade, que voto deve ser um poder e não um dever. Compararam com outros países onde o voto facultativo demonstra como o país é desenvolvido e como os cidadãos votam realmente de acordo com sua consciência. Outra defesa ao voto facultativo é que as minorias ganhariam força. E um grande fator que implica diretamente é a questão da corrupção descontrolada que apenas cresce no país.

Caso o voto se torne facultativo, alguns acreditam que boa parte da população que possui uma escolaridade mais avançada e mais informação, acabaria abdicando do voto, por não se sentir confortável e pela descrença nos políticos, por isso ficaria mais fácil para os políticos focar apenas na população com menos instrução e ter “meios” para fazer com que eles se desloquem das suas casas e deem o seu “valioso” voto. Muitos dizem que o voto facultativo é mais propenso a fraudes, fica difícil saber quantas pessoas realmente votarão, se tornando mais fácil corromper o sistema, já que foi comprovado que pode ocorrer fraude nas urnas eletrônicas.

O que mais pesa é que se pararmos pra pensar, quem não vota, não teria o direito de reclamar, já que cruzou os braços, não participou da escolha de seus representantes e assim age como se estivesse satisfeito e por isso não faz questão de opinar.

A questão é bem interessante e gera bastante discussão, cada um tem seu pensamento e cada um defende uma bandeira. Alguns até falam que isso poderia ser o começo de uma reformar política. Todas as opiniões são válidas, as discussões geradas são muito importante, pois mostram que a população está voltando um interesse maior para a política.

É importante que a política seja debatida pelos cidadãos e que todos participem. Pois, qual a finalidade de ser cidadão se não for ser ativo na vida política e social da sua cidade, seu estado e seu país?

 

Qual o verdadeiro problema da política? Os políticos ou o povo?

18 nov

problema

 

Em todo o Brasil, o que mais se ouve são reclamações sobre as atitudes dos políticos. Principalmente das ações envolvendo corrupção.  O povo foi às ruas, mostrou sua indignação, em uma demonstração histórica de patriotismo e amor ao seu país, deixando claro que está cansado de ser enganado.

Aparentemente, quase nada mudou, em alguns casos isolados o povo foi ouvido e as coisas começaram a funcionar. A prisão de membros do mensalão nesse feriado de proclamação da república pode ter sido considerada uma grande vitória.

Mas, pensando na situação em que o Brasil se encontra, podemos ver que o problema é maior do que simplesmente a corrupção dos políticos. O problema é a corrupção do povo, que vende seu voto, tem um “esquecimento” repentino em ano de eleição e isso permite com que os corruptos sejam eleitos. E o pior que isso não é de hoje, é dito aos quatro cantos do Brasil que o povo tem memória curta, realidade que parece que não mudará tão cedo.

O que falta é uma política voltada para a conscientização, ações que levem conhecimento e esclarecimento para a população que é mais vulnerável a esse tipo de político que usa da necessidade alheia, criando ilusões e se aproveita da situação miserável para se dar bem e garantir mais alguns votos.

Umas vez eleitos, tais políticos fazem o que bem entendem, passam mais 4 anos sem olhar para o povo, o qual apertavam as mãos com uma demonstração de falsidade e então repetem todas as atitudes de suposta bondade e preocupação com o povo novamente.

Enquanto estão no poder, falta uma fiscalização ativa do povo, uma participação política maior por parte daqueles que elegeram seus representantes. Não basta dar seu voto e esperar que algo aconteça de forma mágica, pois, todo trabalho para ser bem feito, deve ter uma fiscalização, para garantir que está sendo feito de forma correta e justa. Na maioria dos casos o povo se cala e apenas aguarda.

Grande parte da população utiliza as redes sociais para demonstrar sua indignação, porém, esta demonstração não é suficiente. A verdadeira forma de expor suas opiniões é acompanhando de perto a vida política, começando pela sua cidade, indo às sessões, observando se os vereadores realmente estão sendo os representantes do povo junto ao executivo, como foram eleitos para ser, exigindo transparência do governo.

Enfim, o que quero deixar claro, é que para que um dia cheguemos a tão sonhada reforma política, deve haver também uma reforma na consciência da população, não basta votar para exercer a cidadania. O verdadeiro cidadão acompanha, se preocupa e participa ativamente da política da sua cidade, do seu estado e do seu país. Corrupção tem como acabar e é através do poder do povo, que é o detentor real do poder, só ainda não se tocou disso.

Vamos ter um pouco de foco e cobrar o que realmente falta

18 nov

foco1

 

Na última quinta(13) meu amigo Gregorio Moura fez um texto bem interessante, onde mostrava a resposta do secretário Adelmo Soares sobre o fato de ter sido eleito como vereador e pedir licença do cargo para atuar a frente da secretaria de esportes.

No texto o secretário diz a seguinte frase: “Fui convidado para exercer um novo cargo na Administração do Léo Coutinho e como o Ministério do Esporte tem como ministro o Sr.Aldo Rebelo, que é do meu partido e sabedor que poderíamos alocar vários recursos e projetos para beneficiar o município resolvi assumir o desafio”. (trecho retirado do blog do Gregório Moura)

No texto, Gregório coloca uma questão bem importante, que é o fato de “comprar” um vereador e “ganhar” um secretário. Analisando a atual situação da cidade, concordo e discordo em certos pontos com meu colega. Uma vez Gregório e eu   conversamos com alguns secretários, onde perguntamos qual a principal diferença entre secretário e vereador,  fomos informados que vereador tem um poder de ação bem limitado, “não pode fazer praticamente nada”, então como secretário dá para fazer mais pela cidade e ter mais liberdade e consequentemente, crescer mais na carreira política.

Analisando Caxias, temos 3 vereadores que abandonaram seus cargos na casa do povo para ocupar cadeiras de secretário. São eles: Adelmo Soares na secretaria do esporte, Leonardo Barata na secretaria de cultura, patrimônio e turismo e Edilson Martins na secretaria de limpeza. Dentre esses de longe Adelmo é o que mais se destaca, dando uma nova cara ao esporte de Caxias. Desde que assumiu o secretário do esporte e juventude não sai dos holofotes, inclusive sendo destaque fora da cidade e do estado, sendo elogiado até pela oposição caxiense.

Vale ressaltar tais fatos, pois, já seus dois colegas, estão apagados, quanto à cultura, Caxias ainda está esperando por uma atenção maior, um real comprometimento por parte do secretário, dias atrás foi realizado um fórum de turismo na cidade, porém, o que leva a população a fazer uma pergunta: Onde estão os pontos turísticos da cidade? Caxias precisa de uma reformulação histórica e cultural urgente, sem contar que o secretário que antes era bem acessível, hoje em dia é muito difícil encontra-lo na própria sala.

Já na limpeza, Caxias está dispensando comentários, a cidade não está sendo um exemplo de higiene, pequenos projetos como banheiros públicos em pontos estratégicos pelo menos no centro da cidade e uma melhora e aperfeiçoamento na coleta e até uma possível reciclagem do lixo, fariam toda a diferença.

O ponto que quero chegar é que o fato de trocar o cargo de vereador por secretário deve significar um aumento de responsabilidade e um leque de possibilidades para trazer melhorias para a cidade, inegável a mudança que Adelmo tem proporcionado ao esporte e juventude na cidade, não estou aqui para encher a bola do citado secretário, mas estou aqui querendo mostrar que temos focos que estão sendo deixados de lado, que como não estão aparecendo, acabam ficando ocultos e caem no esquecimento do povo, como é o caso das demais secretarias. As várias secretarias existentes podiam seguir o exemplo e mostrar mais trabalho, apresentar projetos. Até os vereadores estão mais estimulados a apresentar projetos voltados ao esporte e juventude, como é o exemplo de Ronaldo Chaves com a bolsa atleta e Taniery Cantalice com o projeto da construção da pista de skate profissional.

Caso as secretarias começassem a demonstrar um interesse maior pela cidade e aparecessem de verdade, quem sabe a cidade começa a entrar nos eixos, as coisas melhorem e Caxias volte a ser uma cidade linda e cheia de oportunidades para todos.

 

 

Guardas municipais lotam sessão desta quarta(13)

14 nov

 

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

 

A sessão iniciou com a presidente da câmara municipal Ana Lúcia Ximenes justificando a ausência dos vereadores na sessão passada. Sendo o motivo à doença do ex-prefeito Humberto Coutinho, que marcou uma reunião com parlamentares e algumas pessoas de Caxias, onde para anunciar seu problema.

1472151_517229371709129_2127738844_n

Os guardas e representantes do SINTRAP estavam em peso e lotaram a sessão desta quarta(13).

Foto: Blog do Sabá

Foto: Blog do Sabá

A vereadora Taniery utilizou o pequeno expediente para falar sobre os guardas e informar que outras classes estão aderindo. Dia 08 os guardas se reuniram com a comissão de segurança, solicitaram uma reunião e ainda não obtiveram respostas. Como todos sabem a vereadora Taniery juntamente com Ronaldo Chaves é que estão mediando as negociações dos guardas com o executivo, e espera-se que uma resposta seja dada o mais rápido possível.

Antônio Luís falou sobre a doença do Humberto Coutinho. Disse que a imprensa tem feito gozações e isso é inaceitável, pois é algo muito sério.

Catulé utilizou o pequeno expediente para dizer que tem duas preocupações. Segurança e saúde, tempos atrás classificava a cidade de Caxias como a mais pacífica e ordeira, não se ouvia falar de crimes nessa cidade. A PM está combatendo, tem mais de uma centena de homens na guarda. Eles merecem salários dignos, e melhores condições de serviço.

3Mário Assunção disse que torce pela melhora do Humberto Coutinho. Assim como torceu pela melhora da Roseana quando esta ficou doente. Não se deve utilizar as mazelas de alguém para meio político. Informou que a base está tentando ajudar os guardas, da melhor forma possível, com diálogo.

 

Foto: Blog do Sabá

Foto: Blog do Sabá

Ronaldo Chaves falou sobre a construção de uma creche no bairro São Francisco. Já estão negociando para adquirir o terreno. Pediu colaboração dos colegas para a aprovação do projeto bolsa atleta e falou sobre a importância de tal projeto para a cidade. E que o mesmo já está sendo regulamentado. Sobre os guardas, falou que eles saberão julgar quem é quem. Não adianta a oposição querer jogar a culpa para os vereadores. Todos têm suas atribuições e serão julgados por elas. As negociações continuam. E ele não participará de jogo político.

Nenhum vereador estava inscrito para o grande expediente, então assim a sessão foi encerrada.