Archive | Sessão RSS feed for this section

Lágrimas de crocodilo e o cinismo de alguns vereadores caxienses

23 out

http://angelicamartinsblog.com/wp-content/uploads/2012/04/lagrimas-de-crocodilo.jpg

 

A sessão desta quarta(21), foi marcada por desabafo e reclamações feitas pela base aliada da prefeitura de Caxias. Reclamações que tem como intenção, fazer com que a população imagine que eles estão preocupados com o bem do povo e com a melhoria da cidade.

Vamos analisar de perto a situação e ver qual o real motivo por trás de todos os choros:

 

O povo não é o motivo

 

Se algum vereador disser que o motivo da insatisfação, for a falta de oportunidade para o povo, está mentindo descaradamente. Em Caxias, o povo nunca foi o principal motivo dos debates dentro da câmara municipal. Sempre existe um interesse maior por trás. Quem acompanha as sessões, sabe que pode procurar que os reais interesses irão aparecer.

 

Eles foram atingidos

 

Como visto em blogs locais, a maior parte dos vereadores que ficam reclamando, não conseguiram benefícios com o executivo caxiense. Trabalhos, licitações e serviços que antes eram prestados por vereadores ou pessoas ligadas a eles, hoje em dia, está sendo feita por outros. Então, os vereadores falam em nome de si mesmos e de suas perdas. Dizer que o povo caxiense está perdendo dinheiro, chega a ser “meia verdade”, já que antes, ficavam centralizados entre os “representantes” do povo.

 

Isso é bom?

 

Em partes: SIM! Os vereadores de Caxias, são conhecidos por enriquecer rapidamente, isso não é segredo. Esse enriquecimento, faz com que sejam centenas de candidatos espalhados por toda Caxias, todos querendo a sua “bocada”. Enquanto isso, nem os trabalhadores de Caxias e nem os vereadores estão sendo beneficiados.

 

O que seria justo?

 

As licitações passarem por todos os comerciantes e os comerciantes caxienses, terem uma preferência. Está precisando circular mais dinheiro no comércio caxiense e de forma urgente.

 

E o choro noturno?

 

O choro e a taca, fazem parte do que chamamos de: Dor de cotovelo. Vendo que não estão sendo agraciados com bônus e facilidades, o que resta é choramingar e até espernear, falando sobre justiça e não vendo que a hipocrisia, está cada vez mais clara. Não venham dizer que choram, pensando na situação de Caxias. O choro é pensando na própria situação, já que os tempos das vacas magras, veio “dicunforça” e a fonte secou. Com a possível derramada de dinheiro em tempos de campanha e com a visível troca de cadeiras que vai acontecer na câmara, fica complicado não querer chamar a atenção e pagar de bonzinho na frente da pobre população caxiense.

 

Não brinquem com a inteligência dos eleitores caxienses, eles não são idiotas. (Pelo menos, é isso que esperamos!)

 

 

E a situação complica, vereadores da situação desaparecem e a coisa pega fogo

30 out

Tinha tudo para ser apenas mais uma sessão, nesta quarta(29). Mesmo o assunto do momento sendo a vinda do CQC para a cidade de Caxias, ninguém imaginava que afetaria o parlamento caxiense.

Então, ao chegar na câmara, já fui informado que não haveria sessão. O principal motivo seria a possível presença do CQC na câmara.

Como foi dito, realmente não aconteceu sessão, apenas os cinco vereadores da oposição. Quando chega a equipe do CQC, Oscar Filho adentrou a câmara e já começou o “bafafá”. Tamanha foi a correria, que a câmara ficou cheia de curiosos.

Oscar Filho começou sua matéria, colhendo informações com algumas pessoas presentes e foi conversar com os vereadores. Estavam presentes os vereadores: Fábio Gentil, Taniery Cantalice, Catulé, Benvinda e Luis Carlos. Os cinco representantes da oposição caxiense e que como representantes do povo, sabem muito bem os problemas de Caxias.

Conversando com cada um dos vereadores, Oscar Filho lamentou que os quatorze vereadores da situação não estarem presentes. Questionou os presentes sobre o caso das mortes na Maternidade Carmosina Coutinho e colheu mais informações, sobre outros problemas da cidade.

O vereador Fábio Gentil falou sobre a questão do rumo errado que tudo estava tomando. Já que surgiu uma discussão sobre quem estaria por trás de tudo isso e assim o foco teria sido distorcido. “O fato, é que as crianças estão morrendo e é inaceitável, alguma coisa deve ser feita. E urgente, pois, não importa o número de óbitos, o que importa é que não podem acontecer, principalmente dessa forma absurda”. Fábio falou para o titular do blog que briga política apenas atrapalha, que Caxias está em uma situação delicada e não importa se foi CQC ou qualquer outro programa da mídia esteja aqui, o que importa é que o problema existe, infelizmente é bem real e deve ser solucionado.

 

 

Oscar Filho questionou a vereador Taniery, sobre uma parlamentar que estaria grávida e que é parente do prefeito, a pergunta foi se ela achava que a vereadora iria dar a luz na maternidade Carmosina Coutinho, já que dizem que está tudo bem por lá e os problemas informados são exagerados, então, ela deveria dar exemplo.

 

 

Os outros vereadores falaram sobre vários problemas de Caxias e deram mais pano pra manga, para que a matéria ainda renda bastante.

Em um ato de revolta, pela ausência dos vereadores, Oscar, virou as placas com os nomes dos vereadores para baixo. Dizendo que já que não estavam ali, para representar os caxienses, então, não faria sentido seus nomes estarem estampados.

 

 

 

O grande problema disso tudo, foi que o prefeito não dando uma resposta, os vereadores da situação desaparecendo em cima da hora, fica uma situação fica complicada, já que a equipe do CQC, foi chamada para comparecer à prefeitura e secretaria de saúde, para que os dados fossem informados. Assim fazendo, ninguém estava presente para recebe-los. 

O direito de resposta está sendo dado, se pelo menos um dos vereadores da situação estivesse lá, para dar respostas ou tentar contornar, talvez(veja bem, talvez), a coisa poderia ser amenizada. Mas, a realidade é que está pegando fogo. O prefeito e seus aliados estão ficando encurralados, a população está utilizando as redes sociais para atiçar e colocar mais lenha na fogueira.

São muitos os inconformados, com o fato da nossa cidade está sendo noticiada em rede nacional, por um problema tão grave.

Acredito que seria hora para o diálogo, Oscar Filho me pareceu realmente agressivo nos vídeos que me foram enviados por whatsapp. Essa é a forma deles de cobrir a notícia, é sendo realmente agressivo e tentando “Custe o que custar”, arrancar as respostas dos representantes.

A permanência da equipe na cidade é o principal assunto em todas a redes sociais e nas ruas da cidade. As pessoas estão afoitas, estão preocupadas, estão curiosas. As pessoas estão querendo respostas, o CQC, está querendo respostas.

Acredito que, como o prefeito informou, existem documentos que provam o contrário, sobre as mortes acontecidas na maternidade. É hora dos documentos aparecerem, sumir não adianta. Secretários e vereadores aliados sumirem, também não ajuda em nada. Apenas, dá mais razão a tudo que está acontecendo.

Infelizmente, Caxias mais uma vez, aparece apenas mostrando desgraça, em rede nacional. Isso me deixa extremamente triste!

 

 

Nota do blogueiro: Queria deixar aqui, meu repúdio ao que foi dito nas emissoras locais. Ameaças e ofensas foram ditas por apresentadores, o que me deixa muito triste, pois, já sabemos que o jornalismo de Caxias, já anda mal das pernas. E ainda me aparecem formadores de opinião, completamente descontrolados e “defecando” pela boca. Já é forçar a barra. Vamos mostrar um pouco mais de ética no seu trabalho. Já que, seus programas são veiculados nas casas da família caxiense. Que, nem de longe, merece ouvir tais baixarias em pleno horário de almoço.

 

Fui eleita pelos caxienses e é em Caxias que irei ficar!

23 out

Ao ser surpreendida na sessão desta segunda(20) pelo anúncio do colega Mário Assunção de que poderia ser candidato à presidência da câmara municipal, a atual presidente Ana Lúcia Ximenes, utilizou a palavra para esclarecer algumas coisas.

Inicialmente, Ana Lúcia comentou sobre sua carreira profissional: “Onde trabalhei, me empenhei, sempre dei meu melhor, em qualquer lugar onde trabalhei”.

Ana Lúcia foi reconhecida como uma presidente que trouxe uma mudança significativa à câmara. Assumindo a casa, que estava com uma reputação ruim, pois, ninguém mais se interessava em ia às sessões, as pessoas estavam desacreditadas dos parlamentares caxienses, assuntos eram tratados de forma rápida e as próprias instalações da câmara não estavam boas. O prédio antigo, precisava de uma reforma. Nem todos os vereadores tinham gabinete, alguns atendiam as pessoas no pátio ou em alguma salinha. Um lado da câmara estava inutilizado, por estar sem condições de funcionamento.

Ana Lúcia Ximenes

Ana Lúcia deu o toque de delicadeza que a câmara precisava. O prédio foi reformado, as salas foram ampliadas, gabinetes foram feitos e todos os vereadores ganharam sua sala. A presidência ganhou uma recepção, com várias salas, inclusive sala da presidência e vice-presidência.

Visivelmente a câmara ganhou um ar mais respeitável. As mudanças não pararam por aí. O vereadores começaram a ver que o público voltava para as sessões aos poucos, as pessoas realmente estavam interessadas em saber sobre os trabalhos de seus representantes. Por ser professora, Ana Lúcia já tem aquele ar respeitável, porém, amigável. Tratando todos sempre com educação e delicadeza, a presidente também sabia ter o pulso firme e controlar discussões que aconteciam entre os colegas parlamentares. Por diversas vezes, sabendo como conversar com os pares e mantendo o controle dentro da casa. A vereadora soube fazer com que o respeito e a credibilidade da casa fosse voltando aos poucos.

Quando o vereador Mário Assunção em seu discurso, elogiou bastante a atuação da atual presidente e citou que ela poderia galgar novos voos, inclusive no cenário estadual. Ana Lúcia Ximenes comentou a fala do colega informando: “Fui eleita pelos caxienses e é em Caxias que vou ficar. Fico lisonjeada pelas palavras do nobre vereador, mas, Caxias é o meu lugar e daqui eu não saio!”

A batalha pela presidência da casa começou, as eleições podem ocorrer a qualquer momento. Então, surpresas são inevitáveis. Como um amigo do titular do blog comentou: “Só existe uma certeza: É imprevisível!”

Mário Assunção anuncia que pode concorrer à presidência da Câmara Municipal de Caxias

23 out

Com a discussão iniciada nesta segunda(20) na casa do povo, pelo vereador Jerônimo e a vereadora Benvinda.

Coube ao vereador Mário Assunção, líder da situação na câmara municipal, a função de apaziguar e acalmar os ânimos dos presentes.

 

Vereador Mário Assunção

 

Mário iniciou o seu discurso, comentando sobre o abono dado aos professores em Caxias e parabenizando o executivo caxiense pela atitude. Então, Mário falou que era tempo de mudanças, que já tinha conseguido mudar uma parte da história do Maranhão, elegendo os candidatos da oposição aos Sarneys, falou sobre sua alegria, por ver seus candidatos eleitos e que com certeza, eles irão reconhecer a votação que tiveram em Caxias e olharão pela nossa cidade.

Mário Assunção então, trouxe à tribuna um assunto que até agora não havia sido mencionado, a eleição para a presidência da casa. Em seu discurso, o parlamentar disse: ” E nos aproximamos de uma nova candidatura, que é para presidente da câmara, e nós vereadores temos que eleger um novo presidente. Eu fui procurado por alguns amigos pedindo que eu fosse candidato à presidência da casa, eu sempre disse que não sou candidato no projeto político ou no poder, posso ser candidato do meu grupo a qual faço parte e que tenho muito orgulho, portanto digo aos meus nobres colegas que o meu nome está a disposição do grupo e se o grupo quer que eu seja candidato a presidente eu serei e me sinto preparado.”

O vereador complementou informando que admira a atual presidente Ana Lúcia Ximenes e que sabe que se caso ela não volte a ser presidente da casa, irá deixar um legado grandioso para quem assumir o cargo. Falou inclusive que por ser tão responsável e profissional, ela poderia alçar voos maiores, até mesmo no cenário estadual.

Começou então uma batalha silenciosa dentro dos bastidores, todos sabem que Ana Lúcia não tem interesse em deixar o cargo e vem fazendo o possível para mostrar serviço e fazer uma ótima gestão.

Mário Assunção é um dos vereadores mais ativos dentro da casa, sendo líder do governo dentro da câmara, sabe-se que ele é bem próximo da família Coutinho e pode articular para ocupar o cargo nos próximos dois anos de mandato.

Agora é esperar e ver o que vai acontecer. Considerando que tudo pode vir a acontecer, inclusive sérias intrigas dentro da casa, pois, o discurso amigável, de amigável realmente não tinha nada.

Quebra-pau! O descontrole toma conta

21 out

Na sessão desta segunda(20), o clima esquentou.

Em uma sessão anterior, a vereadora Benvinda, informou que um parlamentar que acusa outros de desvio de dinheiro e de calote, teria passado um cheque sem fundo em São Luís.

Já, neste segunda, o vereador Jerônimo informou que ele era esse vereador e explicou que o motivo, foi simplesmente pelo fato do dono da empresa, não ter emitido a nota fiscal do serviço. Então, ele falou que não iria pagar um sonegador de impostos.

Jerônimo utilizou a tribuna inicialmente para tecer ofensas ao ex-deputado Paulo Marinho. Por várias vezes proferindo a palavra: “Ladrão”. O parlamentar mostrava toda a sua ira, contra Paulo Marinho. Mostrou notícias de jornais que informavam processos sofridos por PM, devido ao desvio de dinheiro público.

Vereador Jerônimo visivelmente alterado ao discutir com Benvinda

 

Sendo bem ofensivo, Jerônimo gritou a palavra LADRÃO, repetidamente.

Benvinda quis falar, porém, não foi concedido o aparte, gerando assim um pequeno tumulto dentro da câmara. Jerônimo gritava e ela continuava falando. Foi preciso o pulso forte e a autoridade de Ana Lúcia Ximenes(presidente da câmara), para acalmar os ânimos. Pedindo calma aos colegas e até ameaçando encerrar a sessão.

As coisas estão ficando terríveis dentro da câmara, passado o tempo de eleições, agora a coisa ficou mais pesado e os embates vieram “a todo vapor”. Espero que os vereadores se empenhem dessa mesma forma para buscar melhorias para Caxias.

Quanto ao ocorrido, não é a primeira vez que Jerônimo se envolve em um bate boca, pelo visto, o parlamentar não leva desaforo pra casa e não tem controle sobre suas emoções.

Ana Lúcia Ximenes faz discurso emocionante sobre a importância da campanha Outubro Rosa.

14 out

http://2.bp.blogspot.com/-md-1P5CvudQ/UgLxQg8IM8I/AAAAAAAACIg/4wcForwIi3o/s1600/DSC07649.JPG

Vereadora Ana Lúcia Ximenes (Foto: Blog do Irmão Inaldo)

 

Antes de encerrar a sessão desta segunda(13), a vereadora Ana Lúcia Ximenes fez um discurso emocionante sobre o Outubro Rosa.

Relembrando sua trajetória na secretaria da mulher, onde, assim que assumiu em 2009, buscou se informar sobre todas as políticas voltadas para a mulher. Quando soube da campanha Outubro Rosa, como não daria tempo de organizar uma grande campanha, espalhou lencinhos rosas em alguns locais, para fazer uma campanha simbólica e nisso, foi ampliando e em 2010 a campanha já se mostrou um sucesso. Onde foi tratado a importância das mulheres se cuidarem, foi feito um trabalho de conscientização com a população e no ano seguinte a campanha já contou com um mutirão de atendimento, onde um médico atendia as mulheres.

Visivelmente emocionada, a parlamentar falou sobre o caso de uma mulher que a procurou e informou sobre seu caso, onde um pequeno caroço apareceu em seu seio e ao se consultar, o médico informou que não sabia dizer o que era e então era melhor esperar mais um pouco, então o caroço cresceu e ao ser levada para uma nova consulta, a mulher foi diagnosticada com câncer de mama e o médico já foi avisando que ela faria quimioterapia e que iria fazer a retirada da mama. Lógico que a mulher ficou arrasada, pois, assim que sentiu algo estranho, foi se consultar e por negligência médica, que não deu a atenção necessária, acabou não fazendo o tratamento antes que fosse mais grave.

Ana Lúcia alertou sobre a importância da pessoa se tocar e conhecer seu corpo, saber se existe algo de estranho, tanto homens quanto mulheres, a saúde é muito importante e não pode ser deixada pra depois. Que todos devem lutar e correr atrás de sua saúde.

Também, demonstrou sua revolta com o SUS, que faz o paciente esperar mais de um ano, pacientes esses que aumentam diariamente e ficam sofrendo, sem um tratamento adequado.

“Os casos de câncer estão aumentando. Também nas pessoas do sexo masculino. Homem, vá se cuidar também. Outubro Rosa não é só uma campanha nacional e sim internacional e todos devem participar.” Disse a vereadora.

Ana Lúcia encerrou a sessão com a seguinte frase, que serve de alerta: “Quem ama cuida, quem ama abraça, quem ama … Ama!”

Pedindo para todos ficarem de pé, fez uma oração, emocionando o público presente.

Vereador Elias do Gesso mostra todo seu despreparo na sessão desta quarta

9 out

Nesta quarta(08) aconteceu um episódio interessante dentro da câmara municipal. Enquanto defendia e comemorava a vitória de seus candidatos, o vereador Elias do Gesso, fez um gesto obsceno aos presentes.

 

Foto: Blog do Sabá

Foto: Blog do Sabáador

 

Alguns poderão defender dizendo que o vereador se expressou querendo se defender das vaias, porém, isso não é papel de vereador.

O titular do blog já viu por várias vezes a plateia vaiar e ofender vereadores dentro da câmara. Nem por isso, eles revidaram. Apenas, pediram respeito ou por muitas vezes nada disseram, ouviram e continuaram seu discurso.

Outro grande problema, foi que o vereador disse que os mesmo que estão vaiando, iriam estar pedindo voto para o prefeito em 2016. Pois bem, deu para notar o quão despreparado é o vereador Elias do Gesso, que não é a primeira vez que faz um papel ridículo dentro da câmara.

Vejam a matéria onde ele afirma que não deve nada aos professores de Caxias, pois, os mesmos não votam nele:

 

www.caiomotta.com.br/blog/2014/03/19/o-vereador-representa-o-povo-ou-apenas-uma-parte/

 

É hora dos caxienses prestarem mais atenção em quem escolhem como seus representantes. Certos vereadores, estão ali apenas para ocupar cadeira e tirar cochilo nas sessões.

ACORDA CAXIAS!

Verador de caxias é denunciado por falar mal de colegas em rádio local

17 set

Vereador Mário Assunção

Vereador Mário Assunção

 

Mário Assunção utilizou a tribuna para demonstrar a sua revolta, com a atitude de um dos vereadores da casa. Começou dizendo que a tribuna é utilizada, para que o vereador diga o que lhe interessa e o que vai de interesse direto ao povo.  “ – Me preocupa, quando colegas vereadores se utilizam de meios escuros e obscuros, para denegrir a imagem da casa, que foi construída para representar o povo de Caxias.”

O parlamentar informou que estava semana passada ouvindo uma rádio da cidade, quando se assustou, ao ouvir um colega vereador, dando entrevista e dizendo que a câmara é uma palhaçada. Mário, informou que como professor, ele faz a análise de cada um e conhece cada um dos que 19 que ocupam aquela tribuna e que não vê ali nenhum palhaço. Que como pessoa formada, tem consciência de que o trabalho do vereador não é só ir às sessões duas vezes por semana. O trabalho é bem maior, passam o dia recebendo o povo, trabalhando todos os dias, visitando bairros, casas, zona rural. E pelo que vê, muitos estão fazendo o seu papel.

Sobre as sessões, informou que quarta(10), teve sessão, que ele mesmo, como presidente em exercício, se encarregou de ligar para cada um dos vereadores e convocar um por um para a sessão. Agora, que não é culpa do presidente, se ninguém quer falar no pequeno ou no grande expediente. Que o trabalho dele foi feito, que foi chamar todos para irem.

Informou também, que muito vereadores, chegam atrasados, não recebem o povo mais cedo em seus gabinetes e ainda abrem a boca pra falar besteira e ofender colegas. E que isso é inadmissível. Também informou, que vai ser acionado o conselho de ética da casa e que vai ser feita uma representação contra a rádio, que segundo o vereador, não é legalizada e como tal, não pode continuar atuando na cidade.

“ – Quando assumi como vereador, assumi para representar o povo e enquanto for vereador, vou defender a casa onde trabalho e o povo. Tenho minhas ideias e meus ideais e sempre escuto a oposição. Não somos inimigos!” Concluiu o vereador Mário Assunção.

 

Nota do blogueiro: O titular do blog, sabe quem foi o vereador que fez a tal ofensa. E o que acho disso? Para um vereador inativo, que senta em um local onde ninguém nem o vê. Que apenas abre a boca poucas vezes e não fala muitas coisas relevantes, o vereador está querendo falar demais. E ao chamar a câmara de palhaçada, com certeza se incluiu e isso é algo bem interessante, no meu ponto de vista.

Sessão cheia de debates interessantes nesta segunda(15)

17 set

Sessão de Segunda(15)

Sessão de Segunda(15)

 

A sessão desta segunda(15), foi bem interessante, os vereadores estavam inspirados e o debate foi interessante. Estavam presentes os seguintes vereadores: Taniery, Benvinda, Catulé, Fabio Gentil, Antônio Luís, Mário Assunção, Ronaldo Chaves, Luís Lacerda, Thais Coutinho, Irmã Nelzir, Elias do Gesso, Genival, Paulo Simão, Gerônimo e  Luís Carlos.

Não foi um debate com troca de ofensas e com acusações descabidas. Foi um debate bem acalorado e formal. Os vereadores, respeitaram o tempo todo os colegas. Apenas um vereador reclamou de uma falta de respeito, protagonizada por um vereador da oposição(essa eu vou deixar pra comentar na íntegra em outra matéria).

A sessão foi presidida pelo parlamentar Mário Assunção. Durante o pequeno expediente, os vereadores oposicionistas fazendo críticas ao executivo caxiense. Mostrando falta de professores em escolas da zona rural, o caos na saúde, problemas que apenas se acumulam na cidade e a falta de agilidade com que a prefeitura trata esses problemas e demora pra resolver.

O vereador Catulé, levantou a questão dos inscritos no grande expediente. Pois, os vereadores devem chegar no máximo até as 17h:30, para que possam utilizar a tribuna. Considerando que boa parte chega atrasada e não tem tempo, então, deveria ser mudado esse horário e dado à voz a qualquer vereador que quisesse falar, independente de ter chegado ou não cedo. Já que, todos devem ter os mesmos direitos.

Thais Coutinho, rebateu essa questão, dizendo que o horário foi imposição da oposição e que por ela, não teria problema. Avisou também que as escolas estão sendo reformadas e o trabalho está sendo feito.

 

Grande Expediente

 

Vereador Catulé

Vereador Catulé

Catulé: Denunciou que funcionários estariam sendo coagidos a participar da campanha de aliados da base, que as secretarias estão sendo fechadas, para que seus funcionários participem de reuniões, passeatas e carreatas. E reclamou da falta de incentivo da prefeitura para que empresas se estabeleçam em Caxias. Taniery pediu a palavra e informou que a Suzano e a Itaipava, teriam demonstrado interesse em se instalar em Caxias e não vieram por falta de incentivo, o que prejudica muito o crescimento da cidade. Fábio Gentil, também fazendo uso da palavra, fez uma comparação da queda que Caxias sofreu e de como o patrimônio da família do prefeito, aumentou depois que esses assumiram o executivo caxiense. Fábio, ressaltou que não disse que eles obtiveram seus patrimônios dentro da prefeitura e sim que obtiveram um considerável aumento em seus bens.

 

 

Vereador Mário Assunção

Vereador Mário Assunção

 

Mário Assunção, assumiu a tribuna para fazer uma crítica, a um vereador, que segundo ele, se utilizou de uma rádio na cidade, para falar mal de seus colegas. Dizendo que a câmara é uma palhaçada. Ofendendo diretamente todos os seus colegas.

Casa do povo de portas fechadas para o povo

3 set

E o que eu temia, realmente aconteceu. O boato de que os vereadores teriam entrado em acordo para que apenas uma sessão seja realizada por semana, no caso, às segundas, se mostrou realidade.

Nesta quarta(03), as portas da câmara estavam assim ao fim da tarde:

 

 

Foto cedida ao titular do blog

Foto cedida ao titular do blog

 

Infelizmente, os vereadores que prestavam conta de seus trabalhos durante dois dias, apenas. Devem achar que é muito e resolveram diminuir o número de sessão.

Não existe justificativa para tal ato. Já que dos 19 vereadores, apenas 1 é candidato, o vereador Fábio Gentil(este que inclusive, estava comparecendo às sessões e outros vereadores que não estão em candidatura, não compareciam. Farei uma lista dos mais ausentes, inclusive vereadores da oposição, que nem estavam mais se dando ao trabalho de dar as caras.

Como isso é um blog, expressarei minha opinião, de forma bem clara: UMA POUCA VERGONHA. ACREDITO QUE A POPULAÇÃO DEVE EXIGIR UMA EXPLICAÇÃO QUE TENHA ALGUM CABIMENTO, PARA TAL ATITUDE.

Infelizmente, em Caxias é assim, a maioria dos políticos fazem o que bem entendem, sem dar satisfação alguma ao povo, que é quem os coloca lá dentro.